06 fevereiro 2015

O CARNAVAL

               
 Lição: O CARNAVAL
 Base bíblica: Gálatas 5:19 ao 22 – Romanos 8: 5-8
Texto Pra decorar: Portanto, os que estão na carne não podem agradar Deus. Romanos 8:8
Objetivos: que a criança ...
 • Conheça a origem pagã do carnaval.
 • Discirna as obras da carne e aprenda a rejeitá-las da sua vida.
 • Desenvolva um coração puro e desejoso de desenvolver os frutos do Espírito.
Quebra-gelo: Corrida de Jornais A cada participante são fornecidas duas folhas de jornal. Cada passo na corrida deve ser dado em cima dos jornais. Desta maneira, ele põe uma folha no chão, pisa em cima; põe a outra no chão, pisa em cima; pega a primeira que ficou para trás, trazendo-a novamente à frente, e assim sucessivamente até alcançar o alvo. (Percorrer todo o trajeto estipulado).


                                   O Carnaval
Festas, festas e mais festas...quem é que não gosta de festa? Todos nós gostamos de festa. Na festa nós ficamos alegres....felizes...tem festa de aniversário, de casamento, festa para comemorar ......(vamos lá falem alguma festa)... Há poucos dias atrás comemoramos o nascimento de Jesus, não é mesmo? Foi uma festa no fim do ano, a festa do Natal.... E o que tem nas festas? (deixe as crianças falar) As festas são algo muito divertido, quem gosta de ir numa festa de aniversário bem linda!!! Mas existem festas que deixam o nosso Deus triste, é festa que desagrada a Deus., vocês sabem de alguma? Vocês sabem que festa tem agora nestes dias? É o carnaval., ela normalmente é comemorada todo ano, saem pelas ruas tocando tambores, cantando, sambando ...tem muitos carros alegóricos, trios elétricos...tem gente bêbada, drogada, tem muita gente nua....e muito dinheiro gasto com tudo isso.
Será que Deus gosta? Quem sabe o que significa a palavra Carnaval? Lembra carne não é mesmo?
Você sabe como surgiu o Carnaval? Foi assim: Para comemorar a Páscoa (a morte e ressurreição de Jesus, na chamada Semana Santa, pela Igreja Católica), as pessoas deveriam ficar quarenta dias sem comer carne e sem usar bebidas fortes, como se fosse um período de purificação. Então, eles contavam o dia que antecedia a estes 40 dias (chamado de Quaresma), e faziam neste dia uma Grande Festa de despedida do uso de carne e bebidas. Neste dia podiam fazer toda e qualquer extravagância. Diziam que neste dia a Carne Valia. Era o "Carne Vale". Dai a palavra Carnaval. O Brasil foi o país que melhor interpretou este vale-tudo. E ainda se orgulha muito disso. E é conhecido no mundo todo como o pais do Carnaval, o pais em que se pode fazer tudo da carne. Na época do Carnaval aqui até o governo e as prefeituras colaboram com somas de dinheiro altíssimas. Por causa do pecado no coração das pessoas, esta festa foi ficando cada vez mais, uma festa marcada pela carnalidade, pela imoralidade, pela embriaguez, pelo vale tudo. As pessoas vivem uma falsa alegria, precisam de drogas, álcool e música para ficar contentes. Há um vazio nos corações.
A Bíblia fala claramente sobre as obras da carne e as obras do espírito: Gálatas 5.19 "Ora as obras da carne são conhecidas e são: imoralidade sexual, impureza e libertinagem; ....... embriaguez, orgias......quem pratica estas coisas não herdarão o Reino de Deus" mas existe o fruto do Espírito Gálatas 5.22 "Amor, Paz, Alegria..... " A carne sempre luta contra o espírito. Por isso precisamos trabalhar para que o fruto do Espírito cresça em nós, não podemos deixar que o fruto da carne (que é como um bichinho que come o fruto do espírito) murche ou diminua a obra do Espírito em nós. Não podemos esquecer que os que são amigos da carne não podem agradar a Deus. Vejamos em Romanos 8:5-8 “Pois os que sã o segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que sã o segundo o Espí rito para as coisas do Espí rito. Porque a inclinaç ão da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz. Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois nã o é sujeita à lei de Deus, nem em verdade o pode ser; e os que estão na carne não podem agradar a Deus.” Romanos 8:5-8
A verdadeira alegria é Jesus! •
Você se sente completo e alegre com Jesus? Ou precisa de alguma coisa externa para se alegrar? (Líder veja se alguma criança que não recebeu a Jesus ou que passa por um período de tristeza ou mornidão espiritual. Ore com cada uma)

 • Qual fruto do Espírito precisa desenvolver mais? Porque?
• Tem alguma obra da carne que precise abandonar a partir de hoje? Qual? (Depois de falar, leve as crianças ao arrependimento)
• Vamos orar pelas milhares de crianças da nossa cidade e Brasil, para que neste carnaval o Senhor as guarde e possam conhecê-lo. (oremos intercedendo)

                                   Pra: Gabriela Pache de Fiúza

04 fevereiro 2015

Os 4 temperamentos




* A palavra temperamento vem do latim temperare, que significa "equilíbrio". Esta noção está ligada à teoria dos humores de Empédocles e de Hipócrates, na qual se defende que a saúde do ser humano depende de um equilíbrio entre os elementos que compõem este mesmo ser.
Em Psicologia, temperamento é mais comumente entendido ao que se refere ao aspecto da personalidade e diz respeito às disposições e reações emocionais, bem como de sua rapidez e intensidade. (bom, esse conceito é de alguns psicólogos, nada generalizado. O temperamentos é um conceito diferentes para muitos outros psicólogos.)

*Alguns ourtos acham que: Temperamento inclui elementos de energia: atividade, intensidade, vigor e ritmo de movimento tanto na fala quanto no pensamento; de reatividade: aproximação e afastamento de estímulos; emocionalidade e sociabilidade;
A origem do temperamento deve ser procurada em disposições biológicas;
As manifestações do temperamento são mais estáveis durante a vida de um indivíduo do que em qualquer outro aspecto da personalidade, etc...

Hipócrates atribui-se o fato de a medicina preocupar-se com problemas psiquiátricos e assim com suas observações com os diferentes comportamentos humanos ele formou uma teoria para explicar esses problemas! Legal né?! rsrsrs...

Com isso surgiu os quatro temperamentos:
*Sanguíneo = sangue = vida
*Colérico = Bílis amarela = ira, explosão
*Melancólico = Bílis negra = tristeza
* Fleumático = Fleuma = falta de emoçao, passivo


 
SANGUÍNEO



O sanguíneo é comunicativo, destacado e entusiasta. Porém é volúvel, impulsivo e indiciplinado.
Suas características marcantes é o calor e a profundidade de suas emoções, a ação dinâmica, estilo vibrante, decisivo e falante. Um sanguíneo geralmente é muito sincero, entusiasmado, companheiro, desinibido, amável, simpático e com fácil adaptação ao meio ambiente. E não esquecendo, o sanguíneo também é generoso, inquieto, egoista, compassivo, instável emocionalmente, etc...
É sempre cordial, eufórico e vigoroso. Receptivo por natureza, toma suas decisões pelos sentimentos e não através dos pensamentos ponderados.
Pela natureza apaixonada e envolvida que possui, contagia um ambiente repleto de pessoas pela sua presença.
Por não gostar de solidão e Ter grande convívio social, o sangüíneo sempre tem amigos. E são alvo de inveja de pessoas de temperamentos mais tímidos.
São bons vendedores, funcionários de locais de atendimento ao público, professores, conferencistas, atores, operadores, pregadores e ocasionalmente bons chefes.
 

Porém o sanguíneo tem grande dificuldade de se encontrar,  isto porque sua capacidade de autoanálise, introspecção e análise são reduzidas. Podem perder oportunidades importantes em suas vidas justamente pela falta de senso ao julgá-las.

Você se acha sanguíneo ou ainda não se encontrou? rsrsrs... ainda tem mais 3 temperamentos, não se preocupem!


COLÉRICO

É ardente, vivaz, ativo, prático e voluntarioso. Por ser decidido e teimoso, torna-se auto-suficiente e muito independente.
Por ser ativo, estimula os que estão ao seu redor, não cede sobre pressões. Possui uma firmeza no que faz, o que o faz freqüentemente obter sucesso.
Não é dado as emoções, por ser pouco analista, não vê as armadilhas na sua trajetória.
Muitos líderes mundiais e grandes generais foram coléricos. São sempre bons gerentes, planejadores, produtores ou ditadores.
Quando a grafia é negativa, sai de perto porque o colérico é passível de acessos de raiva e irritação. Falando em colérico, logo pensamos em cólera, que significa raiva. Realmente o humor deste temperamento é o mais esquentado, mas isto não quer dizer que a pessoa seja má ou raivosa, mas que ela tem muita energia para gastar.(eu que o diga, não é Túlio? kkkk deixa ele ler isso)

O colérico é um ser irradiante como o sangüíneo, mas no plano intelectual com ponderação e medida. Sua energia manifesta-se por resoluções inquebrantáveis (decidiu, está decidido e pronto!)... (muito divertido discutir com colérico, tem que ver, não há opniões dos outros, a dele sempre será a certa -.-')

É de caráter sério, sóbrio, concentrado, reflexivo e raciocinador. O tipo mais puro é lacônico, simplifica seus gestos, palavras exercendo um domínio constante sobre seus nervos e emoções. Sua vitalidade é forte. A sociabilidade é um meio para alcançar um fim.
Se praticar esportes, acaba querendo competir, nem que seja consigo mesmo: hoje eu fiz isso em tanto tempo, amanhã vou fazer mais rápido. Em tempos antigos, o colérico seria um guerreiro, um cavaleiro, mas hoje em dia tudo o que não for relativamente inócuo ou controlado pelo governo é socialmente inaceitável. A questão principal, de qualquer modo, é que o colérico precisa de atividades que envolvam o dispêndio de energia.
Sua facilidade de contato lhe proporciona amigos em todas as partes. Sua afabilidade e agradável trato o fazem uma pessoa simpática e atrativa. Necessidade de ser aclamado e sentir-se importante em todos os lugares que transita. Tendência a ver as pessoas, os fatos e as coisas segundo lhe inspirem simpatia ou repulsão.
Sua memória é mais visual do que auditiva. Retém pouco as conversações; os discursos o comovem, mas não ficam fortemente gravados em sua memória, todavia recorda com grande facilidade imagens e impressões visuais.

 

MELANCÓLICO



É analítico, abnegado, bem dotado e perfeccionista. Isto o faz admirar as belas artes.
É introvertido por natureza. Mas as vezes é levado por seu ânimo a ser extrovertido. Outras vezes enclausura-se como caramujo, chegando a ser hostil.
É amigo fiel, mas não faz amigo facilmente, por ser desconfiado. Tem habilidade de analisar os perigos que o envolve. Força-se a sofrer e sempre escolhe uma vocação difícil, que envolva grande sacrifício pessoal.
Muitos dos grandes gênios do mundo, artistas, músicos, inventores, filósofos, educadores e teóricos, eram melancólicos.
As fraquezas que este temperamento possui, podem, de outro lado, neutralizar os pontos fortes. A tendência é que seja genioso, crítico, negativista, pessimista e até egocêntrico. Um melancólico tem a tendência natural de sacrificar-se por aquilo em que acredita. No entanto, esta característica pode conduzi-lo ao orgulho.
O complexo de inferioridade é outra característica típica do melancólico: ele tem a tendência de não se considerar capacitado para as tarefas que lhe são designadas.

É importante ressaltar, e fácil perceber que o melancólico possui constante alteração de humor. Outra característica é o desejo de sacrificar-se para elevar a autoestima, porém, através do autorrebaixamento. Por seus parâmetros e qualidade perfeccionista,o melancólico tem dificuldade em delegar funções. De outro lado, seus trabalhos são entregues com alto padrão de qualidade, boa forma, cuidado estético, precisão em alto nível. Ao mesmo tempo, sempre pedirá prorrogação dos seus prazos para conseguir entregar algo melhor, algo que necessitará ser revisado.
Destaca-se a tendência à depressão, advinda da autopiedade, mesmo sendo bondosas exteriormente, sofrem por muito tempo e isto mantido gera um complexo de perseguição ou ainda completa apatia presente nesta pessoa. (Será que a minha irmã é melancólica?

FLEUMÁTICO

É calmo, frio e bem equilibrado, raramente explode em riso ou raiva, mantendo sempre suas emoções sobre controle. É o único tipo de temperamento coerente, mas tem muito mais emoção do que demonstra.
Por gostar do convívio social, não lhe faltam amigos, mas sempre encontra algo de engraçado nos outros. É simpático e tem bom coração. Não se envolve nas atividades alheias, sendo muito capaz e eficiente.
É conciliador e pacificador. São bons diplomatas, administradores, professores e técnicos.
Todas as qualidades do pacífico, prático, bem-humorado, leal, calmo e eficiente, cumpridor de seus deveres, conservador em seus princípios, mas também é calculista, temeroso, indeciso, contemplativo etc...
Geralmente, são simp
áticos, trabalham bem com e para pessoas. Possuem capacidade prática e eficiente ao receber responsabilidades; espirituosa e digna de confiança, conquista as pessoas ao seu redor. Devido ao seu estilo introvertido, tanto suas qualidades quanto fraquezas podem ficar menos visíveis quanto aos outros comportamentos mais expressivos.
Quando recebem uma motivação externa podem tornar-se bons líderes.
São pacificadores natos. Encontram maneiras gentis e eficientes com as pessoas, não criando atritos.

Os Fleumáticos possuem uma boa característica de mensurar aquilo que podem assumir de responsabilidade, ou seja, o “tamanho do seu fardo” e geralmente não toma nada além daquilo que podem de fato “dar conta”. Isto se dá, em grande parte, por terem medo de perder, de falhar perante os outros.
Sente muito mais emoção do que demonstra e tem grande capacidade de apreciar as belas artes e as melhores coisas da vida.
Sugere características de morosidade, de indolência, de desconfiança e imprecisão. Suporta alto nível de pressão naquilo que vive.
Seu ponto forte é o seu equilíbrio e serenidade. O pecado dominante é a omissão e a rotina. O remédio é a ascese da responsabilidade. O equilíbrio dinâmico do Fleumático se consegue no imprimir mais firmeza e paixão em seu comportamento. Ele precisa amarrar-se numa estrela. Precisa ser movido por um grande ideal. Pouco Ardoroso na Espiritualidade Também nisso é acomodado. É de pouco esforço.

Calmo, frio, bem equilibrado; A vida para ele é uma experiência feliz, serena e agradável – pouco se envolve;
Embora seja tímido, gosta do convívio social, para ele não faltam amigos; Tem um mordaz senso de humor ingênito – é o tipo de indivíduo que consegue manter muitas pessoas "as gargalhadas" sem jamais deixar escapar um sorriso; Possui a capacidade única de encontrar algo de engraçado nos outros e nas ações deles; Possui um cérebro organizado, ótima memória e, freqüentemente é um ótimo imitador; Simpático e de bom coração; Cumpridor;
Eficiente; Prático; Nunca aceitará a liderança por sua própria vontade, mas quando ela lhe é imposta prova ser um chefe capaz. Diplomata - exerce uma influência conciliadora sobre as pessoas e é um pacificador inato.


 

Seguidores

DEVOCIONAL DIARIO:

Hora:

Loading...